Arte para Crianças

O LIVRO DE ARTE PARA CRIANÇAS E SUAS POSSIBILIDADES EDUCATIVAS – Online: Plataforma Zoom
*com certificação*
Com Renata Sant’Anna de Godoy Pereira
2ªs feiras: 19/10, 26/10, 09/11, 16/11, 23/11 e 30/11 – das 19h30 às 21h30
Investimento: 2 parcelas de R$ 125,00

Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!

Apresentação

Na década de 1990, o mercado editorial brasileiro promoveu a publicação de inúmeros livros que têm como objetivo apresentar as artes visuais para o público infantil. Assim, muitas coleções internacionais foram traduzidas e lançadas no Brasil, marcando o início de um novo segmento na literatura infantil. Desde então, verificou-se um aumento significativo na produção desses livros lançados por várias editoras tais como: Paulinas, Companhia das Letrinhas, Callis, Moderna, DCL, entre outras.

O aumento na produção desses livros nas décadas seguintes e a distribuição pelos programas de incentivo à leitura como por exemplo, Fome de Ler e Programa Nacional Biblioteca da Escola, promoveram a inserção destas edições na instituição escolar e a utilização dessas publicações como recurso pedagógico no ensino da arte.

As edições de livros de arte para crianças nos mostram que, embora classificadas numa mesma categoria, essas publicações diferem muito entre si. Há inúmeros projetos editoriais que estão relacionados aos diversos conceitos de arte apresentados pelo autor ou editor, exibindo algumas maneiras de abordar a história da arte e mostrar as obras para esse público.

Esse curso tem como objetivo apresentar as diversas categorias de livros de arte para o público infantil e juvenil, abordando as possibilidades de trabalho em sala de aula, a experiência de práticas educativas que podem ser desenvolvidas por meio da leitura dos livros apresentados e suas ressonâncias em outros ambientes de aprendizagem da arte.

Por meio de aulas téorico-práticasiremos analisar essas publicações, observando as relações entre o projeto gráfico, o conteúdo do texto, as imagens e os diversos conceitos de arte que norteiam as edições

Objetivos

  • Apresentar os diferentes livros dirigidos ao público infantil e juvenil  que tem como proposta favorecer o contato das crianças com obras de artistas plásticos nacionais e internacionais.
  • Promover a reflexão sobre as especificidades do livro de arte para crianças e jovens, sua função como objeto de mediação entre a criança e a arte e sua utilização como recurso pedagógico nos espaços de educação formal e não formal.

Programa

  1. História – as primeiras iniciativas no Brasil
  2. Livros de arte para crianças – para crianças ou professores?
  3. Os diferentes projetos editoriais
  4. Classificação e análise dos projetos editoriais
  5. As diferentes categorias dos livros de arte

Metodologia

  • Aulas teóricas
  • Propostas de práticas a serem desenvolvidas pelos participantes em casa(período da pandemia)
  • Apresentação de vídeos realizados a partir de livros infantis
  • Exibição de filmes realizados a partir dos livros
  • Análise de publicações infantis
  • Pesquisa bibliográfica

Renata Sant’Anna (Renata Sant’Anna de Godoy Pereira) – Formou-se em Artes Plásticas na FAAP, em 1985, e desde então desenvolveu diversos trabalhos para crianças e professores em museus de arte e outras instituições nacionais e internacionais.  É mestre em Artes pela Escola de Comunicações e Artes da USP – e sua dissertação apresenta uma análise sobre os livros de arte para crianças publicados no Brasil e no exterior – “Páginas de história: a criança, o livro e a arte” e é doutorando em Estética e História da Arte pelo PGEHA/USP.

Desde 1989, é educadora do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, onde entre outros projetos foi responsável pela criação e coordenação da coleção Olharte, (Ed.Paulinas/MAC), por duas vezes contemplada com o Prêmio Jabuti.

Fez estágio no Atelier des Enfants, no Centre Georges Pompidou, acompanhando a produção da coleção de livros de artistas do museu destinadas ao público infantil – L’Art em Jeu. Estagiou, também, no Departamento Cultural do Musée D’Orsay, em Paris, colaborando na produção de material de apoio às visitas para crianças.

Trabalhou no Departamento de Educação da National Gallery of Art, em Washington, D.C. nos Estados Unidos, com bolsa concedida pela Fundação Vitae.

É autora do livro “De dois em dois – um passeio pelas Bienais” (Ed. Martins  Fontes), contemplado com o prêmio  Malba Tahan de Melhor Livro Informativo pela Fundação Nacional do Livro infantil e Juvenil (FNLIJ,R.J.).

Em 2006, publicou em co-autoria com Valquíria Prates o primeiro volume da Coleção arte à primeira vista, Ed. Paulinas, atualmente com 5 títulos publicados: “Lygia Clark – linhas vivas” ,“Frans Krajcberg – a obra que não queremos” , “Leonilson- Gigante com Flores”, “Regina Silveira – O olho e o lugar” e  Mira Schendel– A travessura. Além dessa coleção, publicou também os livros: Para comer com os olhos, “Futebol: arte dos pés à cabeça” e Ora arte, ora parte e Saber e Ensinar arte contemporânea, todos pela ed. Panda.

Colaborou com artigos para diversas publicações infantis como Folhinha (Folha de São Paulo), Revista do Sítio do Pica-pau Amarelo (Ed. Globo), Revista Zá (Ed. Pinus), Recreio (Ed. Abril) e Revista Gênios.